sábado, 28 de maio de 2011

Para distrair ou refletir... é com você agora!!!

Estão postados alguns vídeos que achei interessante, engraçado ou apenas para refletir um pouco sobre nossas vidas

      01- Era digital – eita tempo bão aquele...

02- vídeo indios ("o futuro não é mais como era antigamente....")
(adoro Legião Urbana)

03- comercial sobre os pais animais:







Para meu querido (é d verdade!!!) 3º ano

Segue algumas animações para facilitar o entendimento dessa matéria tão maravilhosa....

a BIOLOGIA....



vídeo 03: http://www.portalsaofrancisco.com.br/videos-de-biologia/funcoe-basicas-da-genetica.php

atividade "prática" de cruzamentos (muito bonitinha kkkk!!): http://www.ib.usp.br/microgene/index.php?pagina=atividades

atividade on-line: ScoisosUm grupo de extraterrestres foi capturado e o aprendiz deve propor padrões de herança para algumas de suas características.


3º ano C - exercícios para o fim de semana

Escola Estadual Sidrônio Antunes de Andrade
Estudante:                                         nº:                         3º ano C
Exercícios de genética – 2ª lei de Mendel

01)   Em cães, latir ou não latir durante a corrida são características definidas por um par de genes alélicos. O mesmo ocorre para os caracteres orelhas eretas ou orelhas caídas. Latir enquanto corre e possuir orelhas eretas são características dominantes, enquanto não latir durante a corrida e possuir orelhas caídas são recessivas. Considere o cruzamento entre um casal de cães heterozigotos para ambos os pares de alelos (as duas características ao mesmo tempo e heterozigotas). Nesse caso, a probabilidade d que nasçam filhotes que latem enquanto correm e que possuem orelhas caídas é aproximadamente de:
a-      6,2 %
b-      18,7%
c-       31,2%
d-      43,7%

02)   A cor do caule dos tomateiros é determinada por um par de genes alelos, sendo que o gene dominante (A) confere a cor púrpura, enquanto o gene recessivo (a) determina a cor verde. O aparecimento de duas cavidades no tomate é determinado por um gene dominante (M), enquanto cavidades múltiplas são determinadas pelo alelo recessivo (m). Considerando que esses dois loci gênicos se segregam independentemente, a proporção fenotípica esperada na geração F1 de uma planta di-híbrida submetida a um cruzamento-teste é de:
a-      9:3:3:1
b-      4:2:2:1
c-       9:7
d-      1:1:1:1
e-      9:6:1

03)   Em gatos, orelhas encurvadas (C) resultam de um alelo que é dominante em relação a orelhas normais (c). A cor preta resulta de um alelo de distribuição independente (G) que é dominante em relação a um alelo cinza (g). um gato cinza homozigoto para orelhas encurvadas é cruzado com um homozigoto preto com orelhas normais. Toda a F1 é preta e tem orelhas encurvadas.
a-      Se dois gatos da F1 se reproduzem, que fenótipos e genótipos são esperados?

b-      Um gato de F1 se reproduze com um animal cinza de orelhas normais. Que fenótipo e proporção da prole são esperados?


LEMBRANDO: NÃO VALE NOTA !!! É APENAS UM EXERCICIOS DE FIXAÇÃO DE CONHECIMENTO....

momento de diversão....

Meus queridos alunos.....
e vocês  achando que eu falo "bobeira"....
prestem atenção na aula de ecologia do então
senhor presidente da república federativa do Brasil....

...e ele é o cara!!!!!


sábado, 21 de maio de 2011

Uma Triste Realidade

'Ele ameaçava me matar se contasse', diz abusada sexualmente pelo pai

Mesmo após denúncia, vítima continuou morando com o pai, no Rio.
Ministério Público lança nesta sexta campanha contra abuso sexual.
Patrícia Kappen Do G1 RJ


O Ministério Público do Rio lança nesta sexta-feira (20) a campanha “Quem cala consente”, contra a violência sexual de crianças e adolescentes. De acordo com a Secretaria de Direitos Humanos do Governo Federal, pelo menos quatro mil denúncias por abuso ou exploração sexual foram feitas no primeiro trimestre.
E para aumentar o número de denúncias e o índice de crianças que podem ser tratadas do trauma, o MP frisa que há dois importantes canais de queixas de abusos: o Disque 127, telefone da Ouvidoria Geral do MP, e o Disque 100 (Disque-Denúncia Nacional de Abuso e Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes, da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República).
Histórias de abuso sexual não faltam, mas a de uma adolescente de 14 anos, tímida e com a fala calma, é simbólica. Ela foi abusada sexualmente pelo próprio pai, dos 8 aos 13 anos. E mesmo após uma denúncia de uma assistente social ao Conselho Tutelar, a menina continuou morando com o pai e sendo constantemente abusada. A assistente social que denunciou o pai da menina cuidava da irmã dela, que tinha AIDS, e que também já tinha sofrido abusos dentro da própria casa.
Ele não foi preso. Fui morar com a minha avó, depois voltei a morar com ele, e ele continuou abusando de mim"  Menina abusada pelo pai que agora mora em um abrigo no Rio


“Ele ameaçava me bater, me matar, matar minha mãe, se eu contasse para alguém”, justificou a menina. “Ele não foi preso. Fui morar com a minha avó, depois voltei a morar com ele, e ele continuou abusando de mim”, disse. A menina finalmente conseguiu sair de casa, e acabou parando no Lar Maria Augusta, em Magalhães Bastos, Zona Oeste do Rio, que funciona dentro da Casa Espírita Tesloo. E ainda lá o pai tentou abusar da filha. “Eu estava sentada ao lado dele no banco. Ele começou a passar a mão em mim, na minha perna. Uma adolescente viu e falou para a tia. Depois disso, quando ele vinha a gente tinha que sentar na secretaria para ele não fazer isso comigo”, desabafou.
O pai da menina morreu, e agora o que ela espera é conseguir uma família acolhedora. E sonha em ser professora, advogada ou modelo.

Para que histórias como esta de abuso constante não aconteçam, Sérgio Magalhães, presidente da Tesloo, defende que é o agressor que tem que sair imediatamente de casa, na primeira suspeita de abuso, e não a vítima. “A criança é sentenciada duas vezes. Quando é abusada e quando é retirada do convívio familiar, quando na verdade o abusador é que teria que ser retirado”.
A criança é sentenciada duas vezes. Quando é abusada e quando é retirada do convívio familiar, quando na verdade o abusador é que teria que ser retirado"
Sérgio Magalhães, presidente da Tesloo
São 37 meninas no local. Todas sofreram abusos ou exploração sexual. Sérgio afirma que o acolhimento imediato das jovens é imprescindível. “Depois entramos com as outras medidas, como atendimento psicológico, assistência social, tudo para ela ser reinserida no contexto social, com jogos lúdicos, curso de corte e costura, escola. Quando a adolescente atinge mais ou menos 16 anos oferecemos cursos profissionalizantes. O trabalho principal da instituição é tentar reinserir a jovem na família. Caso isso não seja possível, a opção é encontrar uma família acolhedora, tudo com autorização judicial."

Menina molestada começou a usar crack

O presidente da Tesloo é considerado um pai para as jovens. “A figura do Sérgio é de um homem que protege as meninas, diferente da imagem de homens que elas têm quando chegam”, disse a advogada do abrigo, Emília Nascimento.
Entre as meninas que estão no abrigo, está também uma jovem de 15 anos. Aos 9 foi abusada pela primeira vez pelo então marido da mãe. “Estava em casa, minha mãe saiu para trabalhar. Ele chegou bêbado, disse para eu ir tomar banho e começou a passar a mão em mim. Ele disse que nunca ia ser preso”. Depois, a menina começou a usar drogas, como crack. “Eu usava a droga, ficava agressiva, lembrava dele”, disse.
Outra menina, de 11 anos, contou ter sido abusada pelo avô. Ela foi encaminhada para o Conselho Tutelar pela própria escola que frequentava. “Se tiver conhecimento, a escola tem obrigação de encaminhar o caso”, afirmou Emília.

Campanha estimula denúncias
A advogada diz que o número de casos de abuso sexual não está aumentando. Acredita, sim, que o número de denúncias vem crescendo. Para o promotor coordenador do 4º Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça da Infância e Juventude do estado do Rio de Janeiro, Rodrigo Cézar Medina da Cunha, o preocupante é o número de subnotificações. “O atual volume de denúncias é alarmante, mas a realidade pode ser ainda mais drástica, porque muitos casos são subnotificados.”
“Esta campanha do Ministério Público é justamente para, além de difundir canais de denúncia, dar a visibilidade social que o tema merece no Sistema de Garantia de Direitos de Crianças e Adolescentes. É dever dos pais, educadores, profissionais de saúde, conselheiros tutelares e de toda a sociedade defender os direitos de crianças e adolescentes, que têm prioridade constitucional”, disse Medina.
É essencial dar credibilidade ao relato das vítimas, que em muitos casos é a principal prova em um processo criminal. Não se pode ter medo de denunciar."
Promotor Rodrigo Cézar Medina da Cunha
O MP explica que segundo a Organização Mundial de Saúde, a violência sexual já é um dos mais graves problemas de saúde pública no mundo. “Quando se trata de abuso sexual, é pouco provável que a criança e o adolescente deixem de dizer a verdade. É essencial dar credibilidade ao relato das vítimas, que em muitos casos é a principal prova em um processo criminal. Não se pode ter medo de denunciar. E é fundamental saber a quem recorrer em caso de suspeita de violência ou exploração sexual. Os Conselhos Tutelares são o melhor caminho. Cabe aos conselheiros verificar a procedência de cada caso, visitar as famílias e, confirmado o fato, aplicar medidas de proteção às vítimas, trazendo os casos ao conhecimento do Ministério Público”, orientou o promotor.
Disque 100 e Disque 127
Tanto no Disque 100 quanto no Disque 127 do MP o denunciante não precisa se identificar. O Disque 127 funciona de segunda a sexta-feira, entre 8h e 20h. Denúncias também podem ser realizadas pela internet. Basta entrar no
site do MP, e clicar no ícone da Ouvidoria. As denúncias podem ser feitas também pessoalmente, de segunda a sexta-feira, de 8h às 20h na sede do MP. O endereço é Avenida Marechal Câmara 370, subsolo – Centro do Rio.
O Disque 100 é gratuito e funciona diariamente entre 8h e 22h, inclusive nos fins de semana e feriados. As denúncias recebidas são analisadas e encaminhadas aos órgãos de defesa e responsabilização num prazo de 24h. As denúncias também podem ser feitas pelo site do programa ou pelo endereço eletrônico: disquedenuncia@sedh.gov.br.






fonte: http://g1.globo.com/

quarta-feira, 18 de maio de 2011

Qual é a coisa mais cara do mundo?

Qual é a coisa mais cara do mundo?

por André Santoro

A resposta depende de vários fatores.

Primeiro, para fazer qualquer comparação entre coisas que custam os olhos da cara, é preciso adotar uma medida única, que sirva como referência para todos os produtos.

Nós, de Mundo Estranho (Revista da qual retirei esse artigo), escolhemos 1 quilo como unidade de comparação para montar esse ranking (para os líquidos, convertemos o equivalente em litros, de acordo com a densidade do produto). Claro que algumas substâncias são usadas em quantidades ínfimas no dia-a-dia. É o caso do DNA humano, que serve de base para pesquisas de engenharia genética. "Um quilo abastece todos os laboratórios do mundo por muito tempo", diz o químico Henrique Eisi Toma, da Universidade de São Paulo (USP).

Outro critério importante é a possibilidade de compra. Só apresentamos coisas que podem ser adquiridas - embora algumas sejam quase inacessíveis, como as pedras preciosas da lista, e outras, perigosas e ilegais, como as drogas.

Uma terceira regra foi privilegiar as matérias-primas, para evitar que os produtos fossem inflacionados pelo preço de uma marca famosa. Esse critério derrubou as roupas de grife do ranking, mas trouxe para o topo as chamadas essências ou absolutos, as substâncias que dão o aroma aos perfumes mais cobiçados. A exceção foi a lista de bebidas, que em vez dos ingredientes traz as garrafas mais valiosas do planeta. O último critério foi dividir a lista em categorias. Algumas, como a de tecidos, ficaram de lado porque é quase impossível estimar o custo dos itens mais caros. As tapeçarias mais valiosas estão em museus e, literalmente, não têm preço. Com base em tudo isso, a coisa mais cara do mundo é o raríssimo diamante vermelho. Um quilo dessa pedra preciosa chega a custar 15 bilhões de reais! Junto com outros 19 produtos, ela lidera a lista de coisas exorbitantes, divididas em seis categorias.

 

Bebidas

01- Uísque Glenfiddich 1937

80 mil reais

Esse é o uísque mais antigo  e caro do planeta. As 61 garrafas existentes são disputadas em concorridos leilões na Europa

 

02- Vinho Château Lafite Rotschild 1811

75 mil reais

Esse vinho não é para ser bebido, é de colecionador. O raríssimo exemplar de 192 anos foi arrematado em junho de 2000

 

03- Vinho Château Mouton-Rotschild 1945

70 400 reais

Uma garrafa dessa safra, tida pelos especialistas como a mais saborosa, foi vendida em 1997 em uma casa de leilões inglesa

 

04- Vinho Romanée-Conti 1985

34 700 reais

É a bebida mais cara disponível no Brasil. A safra de 1985 é considerada especial e vem batendo recordes de preço no mundo todo

 

Minerais Preciosos

01- Diamante Vermelho

15 bilhões de reais

Uma jóia grande de 1 quilate (200 mg) custa a bagatela de 3 milhões de reais. O diamante incolor sai mais em conta: 1 quilo vale "só" 255 milhões de reais

 

02- Rubi Da Birmânia

450 milhões de reais

Essa pedra de cor roxa é encontrada também em jazidas da Tailândia e do Sri Lanka. Um anel de 1 quilate, por exemplo, custa 90 mil reais

 

03- Alexandrita

450 milhões de reais

Essa gema fascina pela mudança de cor: durante o dia, ela fica azulada. À noite, vira vermelha. Um quilate também sai por 90 mil reais

 

04- Esmeralda Colombiana

300 milhões de reais

Esse mineral é usado como ornamento há mais de cinco milênios. As jazidas da Colômbia produzem as pedras mais perfeitas, a 60 mil reais o quilate

 

Cosméticos

01- Absoluto De Íris

157 mil reais

Essa essência, extraída do caule da flor de íris, é usada no famoso perfume Channel nº 19 e corresponde a menos de 1% do produto

 

02- Absoluto De Violeta

37 mil reais

Purificado a partir das folhas da violeta, o aroma é utilizado em perfumes e sabonetes. Bastam poucas gotas desse absoluto para inflacionar o preço

 

03- Âmbar Gris

10 mil reais

Esse óleo, extraído das secreções do cachalote (um parente da baleia), é usado para fixar aromas em perfumes e cosméticos em geral

 

Comidas

01- Trufa Branca Italiana

12 mil reais

A trufa verdadeira não é um doce, mas o cogumelo mais caro do mundo. Em restaurantes sofisticados, cada prato leva, no máximo, 20 gramas do produto

 

02- Caviar Beluga Iraniano

10 600 reais

Caviar sempre foi sinônimo de coisa cara. As ovas pretas da beluga são as mais cobiçadas, ainda mais agora que o peixe corre risco de extinção

 

03- Matsutake

6 mil reais

Esse é outro cogumelo raríssimo. Na culinária, costuma ser muito usado em requintados preparados da cozinha oriental, especialmente sopas e pratos grelhados

 

Substâncias Químicas

01- DNA Humano

15 milhões de reais

Quantidades ínfimas da substância são usadas em laboratórios para fazer exames de paternidade e em pesquisas de engenharia genética

 

02- Ácido Abcísico

600 mil reais

Esse caríssimo hormônio vegetal é importante para os botânicos porque evita que as sementes das plantas germinem antes do tempo

 

03- Rodopsina

300 mil reais

É uma proteína essencial para a captação de luminosidade na visão. O tipo sintetizado em laboratório é extraído de bactérias

 

Drogas**

01- Crack

450 mil reais

Na Inglaterra, onde a oferta é reduzida, uma pedra de 150 mg de crack sai por 67 reais. No Brasil, a droga é mais barata do que a cocaína

 

02- Heroína

210 mil reais

Essa droga extraída da papoula tem poder viciante oito vezes superior à morfina, que vem da mesma planta. Um grama vale 210 reais

 

03- Cocaína

139 mil reais

O pó extraído do arbusto de coca encarece na refinação: na Inglaterra, cada papelote com 1 grama desse entorpecente custa 139 reais

 

* Os preços foram calculados com base em uma cotação em que 3 reais equivalem a 1 dólar

 

** Média dos valores praticados na Inglaterra, em 2001. No Brasil, não há dados consensuais sobre os preços das principais drogas

Consultores: Wine Spectator (Estados Unidos); Unidade Independente de Monitoramento de Drogas do Reino Unido (Inglaterra); Associação Brasileira de Sommeliers (Brasil); Grupo Expand (Brasil); Sérgio Arno, do restaurante La Vecchia Cucina, e Tsuyoshi Murakami, do restaurante Kinoshita, ambos em São Paulo; Rainer Guttler e Henrique Eisi Toma, da Universidade de São Paulo (USP); e Olivier Paget, da Mane do Brasil

Fonte: http://mundoestranho.abril.com.br/materia/qual-e-a-coisa-mais-cara-do-mundo

Se liga!!


O que é bullying?

por Fred Linardi; Ilustrações: Val Deir


Bullying vem da palavra bully, que significa 'valentão'. São abusos físicos e psicológicos de um agressor contra sua vítima. "Até a década de 70, não era interpretado como violência, mas sim algo que fazia parte das relações sociais e do amadurecimento das crianças, ou até como brincadeira", explica Cleo Fante, pesquisadora sobre o assunto. Esse ato envolve apelidos, boatos, ameaças, críticas, isolamento e agressão física.

GALERIA DOS INTIMIDADOS
Tem para a criança e para o adulto

Escola

Geralmente a vítima começa ser alvo a partir da 5ª e 6ª série do Ensino Fundamental. Não são simples "brincadeiras" de mau-gosto, afinal, o bullying ultrapassa os limites psicológicos ou físicos. O aluno se sente impotente diante da situação e fica acuado, além de não achar nada de divertido nisso.
  

A Internet é um lugar fácil de depreciação da vítima. É possível criar perfis e blogs fakes, espalhar boatos e fotos, colocando esta pessoa em situações muito constrangedoras. Aí, quando ela sai de casa e vai para escola, por exemplo, acaba sendo alvo de vários comentários.


No trabalho

Chamado de assédio moral, a versão adulta do bullying pode vir tanto do chefe quanto dos colegas de trabalho. Perseguição e marcação cerrada na hora de executar a função ou criticas sem fundamentos são algumas formas de abuso cometidas nesse ambiente.


 Prédios e condomínios
Nesses casos, o bullying envolve barulhos (para incomodar mesmo!) e até boatos. Tudo isso só para intimidar um vizinho. Isso segue até certo ponto, quando o desconforto é tão grande que o individuo passa a querer mudar de endereço definitivamente.

No exército
Alguns países, como o Brasil e a França, já chamaram atenção para treinamentos abusivos em alguns membros de um grupo. Como se fosse um trote de faculdade, a vítima é colocada sob pressão física e emocional, para provar seus limites.

  
Se liga!!
Saiba se colocar, se impor e não se mostrar uma presa fácil. Quem aplica o bullying é porque quer esconder uma insegurança e busca uma vítima que seja fácil de encher o saco.
O que fazer:
Crianças e jovens devem contar para os pais e responsáveis da escola. Entre os adultos, o ideal é anotar o dia, a hora e o local onde sofreu o abuso e, se possível, reunir testemunhas. Se o bullying continuar, ele pode recorrer à justiça.



fonte: http://mundoestranho.abril.com.br/materia

Como se define a quantidade de calorias em um alimento?

Como se define a quantidade de calorias em um alimento?

por Marina Motomura
Existem vários métodos, mas todos partem de um princípio comum: achar quanto de proteína, de gordura e de carboidratohá no alimento. Esses são os três principais nutrientes calóricos de tudo o que a gente come. Descobrindo quantos gramas há de cada um, fica fácil encontrar o total de calorias, pois testes de laboratório já revelaram que 1 grama de gordura contém nove calorias e 1 grama de proteína ou carboidrato possui quatro calorias. Portanto, o grande desafio é saber a quantidade exata de gramas de cada um dos três nutrientes num pão francês, por exemplo. Para conseguir isso, só mesmo recorrendo a análises de laboratório. O cálculo da proteína passa pela descoberta da quantidade de nitrogênio numa amostra do alimento (veja infográfico ao lado). Para descobrir quanto há de gordura, usa-se outro método: a adição de solventes, como éter ou clorofórmio, faz as moléculas de gordura se separar do restante do alimento. Aí é só recolher a gordura separada e pesar. Já o total de carboidratos é estimado por eliminação: sabendo a quantidade de proteína, de gordura e de outros nutrientes não calóricos é só comparar a soma de tudo isso com o peso total da amostra do alimento. A diferença é a quantidade de carboidratos.

Rola uma química

Segredo para achar os gramas de proteína é encontrar o total de nitrogênio do alimento

1. Para descobrir quanto de proteína há num alimento, como um queijo, é preciso primeiro separar uma pequena amostra dele e fazer várias reações químicas com ela. Em geral, essa amostra não contém mais do que de 0,1 grama e tem que ser triturada para ficar homogênea
2. O objetivo é descobrir quantos átomos de nitrogênio a amostra tem, pois esse elemento é o principal componente das moléculas de proteína. O primeiro passo é pingar um pouco de ácido sulfúrico (H2SO4) na amostra e aquecê-la a até 350 ºC
3. Quando essa temperatura é atingida, o ácido sulfúrico reage com o nitrogênio presente na amostra do alimento e, juntos, formam um novo composto: um gás que contém nitrogênio e enxofre. Esse gás é então recolhido em um balão de ensaio
4. Em contato com soda cáustica (NaOH), parte desse gás vira um líquido contendo todo o nitrogênio da amostra. Esse líquido é misturado com outro reagente (ácido bórico) e vira uma substância de cor verde, e cheia de nitrogênio, chamada sal borato de amônio
5. A última reação química é a mistura do borato de amônio com ácido clorídrico (HCl). Com isso, o líquido que era verde ganha uma coloração roxa. Para saber quanto nitrogênio há no líquido, é só medir quanto ácido clorídrico foi gasto para provocar a mudança de cor
6. Tendo a quantidade de nitrogênio do alimento, só falta fazer uma regra-de-três. É que os especialistas já sabem que o nitrogênio ocupa 16% das moléculas de proteína de um alimento. Com a regra-de-três (ufa!), chega-se ao total de gramas de proteína do alimento


Fonte: http://mundoestranho.abril.com.br/materia/como-se-define-a-quantidade-de-calorias-em-um-alimento

sábado, 14 de maio de 2011

Como o corpo humano se decompõe?

Como o corpo humano se decompõe?
por Julia Moióli
É um filme de terror de arrepiar os cabelos de qualquer defunto.
Depois que a gente passa desta para melhor, nosso corpo perde suas defesas e começa a ser atacado por todos os lados: bactérias, animais e até substâncias produzidas por nós mesmos dão início ao fim.
O cadáver vai ficando escuro e inchado, a pele e os órgãos se desfazem e o cérebro vira um caldo. Depois de algum tempo, não sobra quase nada.
A decomposição acontece em duas frentes.
A primeira é a mais esquisita: o próprio corpo se decompõe. "Quando alguém morre, a oxigenação pára de acontecer e o organismo se desequilibra. Minerais como o sódio e o potássio, importantes para o metabolismo, deixam de ser produzidos. Com isso, as células se desestabilizam e passam a digerir o próprio corpo", diz o fisiologista e professor de medicina legal Marco Aurélio Guimarães, da Universidade de São Paulo (USP). Ao mesmo tempo, bactérias famintas também entram no banquete. As primeiras a avançarem na carne são as da flora intestinal e da mucosa respiratória, que já vivem no organismo. Para continuarem vivas, essas bactérias invadem os tecidos e os devoram. Depois disso, as bactérias do ambiente deixam o cadáver irreconhecível. O suculento resto fica para insetos e até cães, gatos e urubus.
Em geral, um corpo sepultado leva de um a dois anos para se decompor totalmente, mas esse tempo pode variar dependendo das condições do ambiente e do cadáver - se o morto tomava antibiótico, por exemplo, o processo demora bem mais.
No fim, sobram apenas ossos e dentes, que duram milhares de anos a mais que os outros órgãos. Eles são a principal pista para que peritos consigam solucionar mortes violentas


Vida de morto Cadáver vira banquete para bichos e bactérias até ficar só o osso
SUCO PÓSTUMO
A pele passa por uma transformação radical: primeiro, ela perde água e resseca, tornando-se amarela e enrugada. Com o ataque das bactérias, ela fica verde e se dilata. Depois aparecem as bolhas. Quando elas se rompem, é a maior nojeira: a pele começa a soltar líquidos e, por fim, se desmancha

DURO NA QUEDA
O cadáver começa a ficar duro algumas horas depois da morte por causa do acúmulo de cálcio nos músculos. O corpo do morto se contrai e fica com pernas e braços meio dobrados. Para esticá-los, basta dar um puxão — a história de que é preciso quebrar os ossos do morto para deixá-lo reto não passa de lenda

RESISTÊNCIA MILENAR
No fim da decomposição sobram apenas os ossos e os dentes do cadáver. O segredo é que eles são formados basicamente por minerais, enquanto as bactérias decompositoras se interessam apenas por matéria orgânica. Se o defunto for enterrado em condições normais, longe da umidade e do calor excessivo, esses órgãos podem durar milhares de anos

EREÇÃO EXPLOSIVA
Como a pele da região do pênis é mais frouxa que a de outras partes do corpo, os gases bacterianos se infiltram por ali com mais facilidade. Como resultado, o dito-cujo tem uma falsa ereção. Mas isso não significa que o defunto está animadinho: ele apenas se esticou com a descarga gasosa

PERFUME DE PRESUNTO
Durante a decomposição, as bactérias que consomem o corpo fabricam subprodutos com um odor nada agradável. Substâncias como a putrescina e a cadaverina (credo!) ajudam o corpo a cheirar tão mal. Mas o campeão do fedor é o gás sulfídrico, que, além de tudo, é inflamável

NU COM A MÃO NO BOLSO
Como diz aquela marchinha do Silvio Santos, "do mundo não se leva nada" — nem mesmo as roupas do funeral, que também são uma iguaria muito apreciada pelas bactérias. O algodão e outras fibras naturais vão embora mais rápido, em três ou quatro anos. Já tecidos sintéticos, como náilon e poliéster e outros derivados do plástico, podem durar décadas

VISTA EMBAÇADA
Como os outros órgãos, os olhos dos mortos também se desidratam. A córnea fica com uma espécie de tela viscosa meio esbranquiçada, parecida com um véu. Mais adiante, quando as bactérias e larvas começam a atuar, os olhos são o prato predileto. Por isso, eles são corroídos rapidinho até sumirem totalmente

MINGAU DE CÉREBRO
As células cerebrais apagam entre 3 e 7 minutos após a morte. Dias depois, quando os gases da decomposição invadem os órgãos, os tecidos do cérebro começam a se desmanchar. A partir daí, a massa cinzenta vai se tornando um líquido viscoso com a consistência de um mingau de cor de argila, que pode escorrer pelas narinas

SANGUE FRIO
Assim que o sangue pára de circular, ele perde oxigênio e fica mais escuro. Em 8 a 12 horas, ele começa a coagular, ficando com a consistência de uma goiabada. No fim, por ação da gravidade, o sangue concentra-se na parte de baixo do corpo, em regiões como as costas, pernas e pés

CRESCIMENTO DO ALÉM
Já ouviu aquele papo de que cabelos, pêlos e unhas crescem depois da morte? É verdade! Eles são feitos de queratina, uma proteína muito resistente. No caso de cabelos e pêlos, a estrutura onde os fios se desenvolvem nem percebe que a irrigação sanguínea acabou. Mas isso só dura 24 horas, quando os fios podem crescer no máximo 0,05 centímetro

DESTRUIÇÃO INTERNA
Pela ação das bactérias, os órgãos desprendem-se da estrutura do corpo e desmancham. Os que se decompõem mais rápido são os pulmões (que têm tecidos finos), os intestinos (que já possuem bactérias que ajudam na digestão) e o pâncreas (cujas enzimas agem na decomposição). Um dos que mais demoram é o fígado, pois ele é um dos maiores órgãos do corpo humano





Apresentações Osmose e Difusão

MEUS
 
segue as fotos das apresentações....














parabéns a todos....

apresentações Osmose e Difusão

MEUS
,
segue as fotos das apresentações....




















PARABÉNS A TODOS.... vocês me enchem de orgulho de ser sua professora.