quarta-feira, 20 de abril de 2011

ATIVIDADE PRÁTICA PARA OS PRIMEIROS ANOS

01: CONSTRUA UM OSMÔMETRO.
Material: Um ovo de galinha, um corpo de caneta esferográfica e uma vela.
Procedimento: Deixe apenas a extremidade mais larga do ovo no vinagre, por 24 horas, para que a casca se dissolva e exponha a membrana coquilífera. Fure a extremidade mais estreita do ovo e remova cuidadosamente o conteúdo. Ajuste no furo do ovo um corpo plástico de caneta esferográfica e fixe-o com a parafina derretida da vela, vedando bem. Preencha o interior do ovo e parte do corpo plástico com uma solução concentrada de açúcar. Marque o nível no corpo da caneta. Mergulhe a base do ovo, com a membrana coquilífera exposta, em um frasco cheio de água pura.Após algum tempo, o que se observa? Explique.
Obs.: A membrana coquilífera é altamente permeável a sais. Portanto essa demonstração não deve ser feita com soluções salinas.
FONTE: http://www.colegioequipe.g12.br/arqs/download/ciencias/lab_osmometro_de_ovo.pdf

02: Osmose em ovos de codorna.
MATERIAL: - 4 ovos de codorna - um recipiente médio (tigelinha, prato fundo etc.) - 2 copos de vidro - água filtrada - vinagre branco (de vinho, de arroz etc.) - açúcar de cana (sacarose) - etiquetas de papel
PROCEDIMENTOS
1.Coloque o vinagre no recipiente e mergulhe os ovos, de modo a cobri-los completamente. Deixe-os assim por cerca de 24 horas ou até a total remoção da casca calcária. Lave-os bem sob água corrente.
2.Coloque a água nos copos, até cerca de metade da capacidade. No copo 01 dissolva a máxima quantidade possível de açúcar (mais ou menos 5 ou 6 colheres de sopa), preparando uma solução altamente concentrada, viscosa como calda de doce.
3. O copo 02 ficará apenas com água.
3.Coloque 2 ovos com a casca calcária removida em cada solução. Observe a forma e a consistência deles a cada 2 horas. Anote os resultados.
Observações: Para observar os efeitos da osmose nos ovos é preciso primeiro remover a casca calcária, o que pode ser feito através da dissolução do carbonato de cálcio da casca pelo ácido acético presente no vinagre. Durante a reação observa-se intenso desprendimento de bolhas de gás carbônico junto à superfície do ovo.
Questões:
01. O que aconteceu com o ovo do copo 01? Explique.
02. O que aconteceu com o ovo do copo 02? Explique
03. Depois de observar o que ocorre nessa demonstração de osmose, é interessante transferir um dos ovos do copo 01 (solução de açúcar) para o copo 02 (água filtrada), e vice-versa. Anote o que aconteceu.

03: OSMOSE NO OVO:
MATERIAL E REAGENTES
·                     2 copos de vidro incolor (300 mL)
·                     1 colher de sopa
·                     2 ovos de tamanhos iguais
·                     250 mL de vinagre
·                     250 g de açúcar
PROCEDIMENTO
Lave um ovo somente com água e coloque-o num béquer contendo cerca de 250 mL de vinagre. Durante 5 a 10 minutos, observe o que acontece. Deixe o sistema em repouso por pelo menos um dia. Ao lado, deixe o outro ovo para comparação.
Após um dia ou mais, observe se houve alterações no sistema. Quais? Compare o tamanho do ovo mergulhado no vinagre com o do outro ovo. Com cuidado, para não romper a membrana do ovo, retire o vinagre do béquer segurando o ovo. Observe se o ovo ainda tem casca. A seguir, lave-o apenas com água, recoloque-o no béquer e adicione cerca de 250 mL da solução fria supersaturada de açúcar. Observe se ocorre alguma reação. O ovo flutua ou fica no fundo do béquer? Deixe o sistema em repouso por pelo menos mais um dia. Após esse período, retire cuidadosamente o ovo da solução de açúcar, lave-o e compare seu tamanho com o do outro ovo.
Preparo da Solução: Solução supersaturada de açúcar - adicione 250 g de açúcar a cerca de 250 mL de água quente e continue aquecendo e mexendo até que a dissolução seja completa. A solução ficará amarelada e viscosa.
OBSERVAÇÕES
1 - A casca do ovo é formada, em grande parte, de carbonato de cálcio (CaCO3). Quando se coloca o ovo em contato com o vinagre, observa-se a evolução de gás carbônico devido à seguinte reação: 2H+(aq) + CaCO3(s)  CO2(g) + H2O(l) + Ca+2(aq)
2 - Um fenômeno físico que também pode ser observado no início do experimento é a flutuação do ovo com casca, associada à formação de uma camada de bolhas na superfície. Ocorre que a densidade do conjunto ovo/camada de bolhas é menor que a densidade só do ovo. A este fenômeno dá-se o nome de empuxo.
fonte: http://www.cdcc.sc.usp.br/quimica/experimentos/osmose.html

04:OSMOSE NA BATATA:

Tome duas batatas de tamanho aproximadamente igual (ou corte uma batata maior na metade). Descaque-as, e cozinhe uma delas por uns 10 ou 20 minutos, mas não deixe-a despedaçar de tanto cozinhar, OK?
Depois faça uma cavidade de igual tamanho em ambas, e coloque o mesmo tanto de açúcar. Deixe ambas num prato com água por 24h.
O que acontece?

05: OSMOSE NA CENOURA
A Cenoura funciona como membrana semipermeável.
O objetivo dessa metodologia é realizar uma osmose e simular o processo de absorção de água pelas plantas através de suas raízes, nessa prática a cenoura fará o papel das raízes de uma planta, cuja função é transportar água para as regiões mais altas dessa planta.
Procedimento

Material utilizado: erlemeyer, tubo de ensaio, pote plástico, proveta.
Reagentes: cenoura, corante e açúcar
. Descrição do processo
: 1. Padronize as cenouras, cortando suas extremidades até ficarem com aproximadamente 7 cm de comprimento, em seguida descasque-as;
2. Com a ajuda de um cano faça um buraco de 2 cm de diâmetro (da largura do tubo de ensaio) e 6 cm de profundidade, no sentido longitudinal (retirando o miolo). A cenoura irá ficar oca, mas com o fundo inteiro;
3. Prepare a solução em um erlemeyer (ou copo de boca larga): misture 10 ml de água em açúcar até obter uma solução saturada, misture 3 gotas de corante;
4. Coloque essa solução dentro da cenoura e tampe o buraco de abertura com o tubo de ensaio;
5. Em seguida coloque a cenoura dentro do pote plástico e adicione água até 1 cm abaixo da extremidade superior da cenoura;
6. Deixe em repouso por algumas horas e observe o que acontece.
 
06:  SIMULANDO A PERMEABILIDADE DA MEMBRANA
Este experimento permite simular a passagem seletiva de substâncias através da membrana celular. Para realizá-lo são necessários: um pedaço de filme de PVC (plástico fino e aderente para envolver alimentos), uma colher de amido, um copo com água e iodo.
Este experimento é simples e rápido.
Inicialmente peça que os alunos coloquem um pouco de amido em um pires e acrescentem uma gota de iodo sobre ele, registrando o que ocorre.
Em seguida deverão colocar água no copo com um pouco de iodo. Introduzir o plástico no copo com uma colher de amido, formando uma pequena bolsa. Acrescentar um pouco de água no amido e fechar o plástico, deixando preso em um dos lados do copo. Aguardar alguns minutos e registrar o que ocorre. (Veja foto)
  Peça para que os alunos analisem o experimento e registrem em seus cadernos respostas para as seguintes questões:
• Considerando que o plástico representa uma membrana que limita um meio interno e outro externo, determine quais as substâncias presentes nesses dois meios.
• Qual das substâncias atravessa o filme plástico? De onde para onde? Como se pode concluir essa informação?
• Qual a provável razão pela qual apenas uma das substâncias atravessa o filme plástico? Por que isso ocorre?
07: REAÇÃO CELULAR EM MEIOS: HIPOTÔNICO, ISOTÔNICO E HIPERTÔNICO
Para realizar a experiência recorte três pequenas tiras de mesmo tamanho, finas e retas de pimentão. Coloque uma delas num recipiente com água destilada, outra com água da torneira e outra em água com uma colher de sal. Numere os três recipientes e estabeleça o seguinte: 1 – para solução HIPOTÔNICA; 2 – para solução ISOTÔNICA e 3 – para solução HIPERTÔNICA.
Após algumas horas (ou até mesmo no dia seguinte) as tiras de pimentão deverão ser retiradas dos recipientes e colocadas em uma superfície limpa, com a casca sempre voltada para o mesmo lado. (Veja foto)

Peça para que os alunos analisem o experimento e registrem em seus cadernos respostas para as seguintes questões:
• Por que a tira de pimentão do primeiro recipiente curva-se na direção da casca, a do segundo recipiente não se curva e a do terceiro recipiente se curva para a direção da polpa do pimentão?
• Nesta experiência não se observa a passagem de solutos entre as células vegetais e o meio externo, mas sim a passagem do SOLVENTE – a ÁGUA. Como podemos deduzir em qual direção houve passagem de água entre os meios interno e externo em cada um dos recipientes?
Dica! – Ao final da experiência, toquem as tiras de pimentão com as mãos e sintam sua textura e rigidez. Isso ajuda a deduzir se as células estão com mais ou menos de água em seu interior.
08: OSMOSE NA BATATA II
Material:
·                     Duas batatas inglesas cruas
·                     Uma faca sem ponta (ou uma faca de plástico)
·                     Uma colher de café
·                     Sal
·                     Açúcar
·                     5 pratos descartáveis
·                     Guardanapos de papel (ou Papel toalha)
·                     Caneta de retroprojeção ou fita crepe
Como fazer:
1. Corte as batatas ao meio.
2. Faça um buraco, utilizando a colher, no centro de 3 metades de batata.
3. Seque bem as metades de batata com papel toalha ou guardanapo.
4. Marque 3 pratos, escrevendo com caneta de retroprojeção ou usando a fita crepe: "açúcar", "sal" e "controle". Os outros 2 pratos serão marcados com "açúcar" e "sal".  Os pratos devem estar limpos e secos antes de começar a experiência.
5. Coloque uma metade de batata em cada um dos pratos descartáveis, com o buraco voltado para cima.  Se por acaso você não conseguir colocar as metades em pé, você pode fazer um corte plano no lado oposto ao buraco da batata para que ela fique equilibrada no prato.
6. Adicione uma medida de açúcar no buraco da batata marcada "açúcar" e uma medida de sal no buraco da batata marcada "sal". Na batata marcada "controle", não coloque nada.
É importante que você coloque dentro do buraco a mesma quantidade de açúcar e de sal, nós usamos uma colher de café, mas pode ser uma tampinha de refrigerante, por exemplo.
7. Nos outros pratos sem batata, coloque uma medida de açúcar e uma de sal,
8. Aguarde alguns minutos observando para ver o que vai acontecer.
Depois de alguns minutos você vai notar que tanto o açúcar quanto o sal que estão nas batatas ficaram molhados. Sem batata, nem o sal e nem o açúcar ficam molhados!  O que será que aconteceu? De onde veio essa água? As batatas mudaram de cor? Mudaram de consistência?  E a metade “controle”, o que aconteceu com ela?  Tem água em volta das batatas, nos pratinhos, ou apenas no buraco?
fonte: : http://www2.bioqmed.ufrj.br/ciencia/Batata1.htm
 
10: OSMOSE EM FOLHA DE ALFACE II
Materiais:
Alface fresca;
Água;
1 prato ou vasilha;
Geladeira;
1 colher;
Sal de cozinha
Procedimento:
1- Colocar uma folha de alface em um recipiente;
2- Adicionar sal de cozinha sobre a folha;
3- Aguardar até que a folha perca sua resistência e fique flácida.

09: OSMOSE EM BATATA III:
·                     MATERIAL: 1 batata tipo inglesa;
·                     1 recipiente plástico de 250 mL (caneca de plástico);
·                     água destilada;
·                     1 rolo de filme de PVC;
·                     copo plástico de café;
·                     1 seringa hipodérmica esterilizada de 1mL (vendida em farmácias);
·                     1 colher de chá;
·                     açúcar (cristal ou refinado);
·                     1 haste flexível sem o algodão nas pontas;
·                     corante alimentício vermelho;
Procedimentos
1)
Tomar a seringa e cortar a sua ponta, de tal modo que ela possa ser usada como um fura-rolhas, conforme indicado na Figura 1b;
2) Fazer um orifício em uma batata do tipo inglesa com o auxílio da seringa (fura-rolhas). Tomar o devido cuidado para não romper o tubérculo. O orifício formado deve ter uma profundidade adequada, isto é, a metade do comprimento da haste flexível de plástico;
3) Cortar uma tira do filme PVC de aproximadamente 30 cm de comprimento e 3 cm de largura;
4) Pegar uma haste flexível, retirar o algodão das pontas e envolver a parede central externa com o filme de PVC;
5) Dissolver em 30 mL de água contidos em um copo plástico para café uma colher das de chá de açúcar (~3,5 g) e uma pequena quantidade do corante de alimento vermelho (~1,2 g). Transferir a solução para o orifício feito na batata;
6) Tampar o orifício com a haste flexível revestida com o filme de PVC;
7) Finalmente, colocar a batata em um copo contendo água de torneira (ou preferencialmente água destilada¹) e deixar em repouso durante 3-6 h, como mostrado na Figura 1c.

fonte: http://pt.scribd.com/doc/23374963/Osmose-aula-pratica

outras fontes que ser utilizadas: 
http://www.ib.unicamp.br/lte/bdc/busca.php?